testeira-loja

UEA homenageia escritor David Mestre

 

O escritor David Mestre será homenageado na próxima quarta-feira (12) na habitual Maka à Quarta-Feira, numa iniciativa da União dos Escritores Angolanos (UEA), em Luanda.

O evento terá como principal animador o poeta Lipito Feijó que durante a sua intervenção fará uma retrospectiva da vida e obra de David Mestre.

Poeta e contista, nasceu em Loures, Portugal, em 1948 e faleceu em Lisboa, 1998. Radicado em Angola desde os oito meses de idade teve colaboração literária dispersa pela imprensa e publicações especializadas de todos os países de língua portuguesa.

Luís Filipe Guimarães da Mota Veiga era o seu nome verdadeiro. Começou a ser conhecido por David Mestre após publicação do seu segundo livro "Crónicas do Gheto" (1972).

Trabalhou como jornalista e crítico literário em variados jornais e revistas de Angola, de Portugal e de outros países, coordenou diversas páginas literárias.

Em 1971 fundou e dirigiu o grupo Poesias-Hoje, foi director do Jornal de Angola. Era membro da Associação Internacional de Críticos Literários e da União dos Escritores de Angola.

A sua obra está traduzida em várias línguas.

David Mestre foi antologiado em: Angola ­ Poesia 71, 1972; Vetor 3, 1972; Kitatu Mulungo (está aqui inserida a narrativa autogeográfica "O Plumão" escrita na prisão em 1971) , 1974; Dizer País, 1975; Poesia Angola de revolta, 1975; Antologia da Poesia Pré-Angolana, 1976; No Reino de Caliban, 1976; Poesia de Angola, 1976; Lugar-comum, 1976-1978; Os Meus Amigos, 1983; Antologia da Poesia Angolana (ed. russa), 1985; Sonha Mamana África, 1987; Os Anos da Guerra, 1988; Cinquenta Poetas Africanos, 1988; Poemas a La Madre África (português ­ castelhano), 1992; Floriam Cravos Vermelhos, 1993; World Poetry, 1993.

Enquanto jornalista, conquistou o Prémio Nacional de reportagem instituído em 1985, pela União dos Jornalistas Angolanos e assinou de sua autoria algumas das mais saborosíssimas crónicas do jornalismo literário angolano.

Obra poética

Kir-Nan, 1967

Crónica do Gheto, 1973

Dizer País, 1975

Do Canto à Idade, 1977

Nas Barbas do bando, 1985

O Relógio de Cafucolo, 1987

Obra Cega, 1991

Subscrito a Giz - 60 Poemas Escolhidos, 1996

UEA-Digital, Seomara Santos, Fonte Angop

Ler 1504 vezes

Contacto

AV. Ho-Chi-Min, Largo das Escolas
1.º de Maio - CEP 2767 Luanda

Telefone: (222) 322 421 Fax: (222) 323 205

e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Blogs

blogspotuea1    blogspotueamulembeira           blogspotueanguimba
         
ytlogo2   blog-poetenladen   logotips