Livro Online

Olímias

Classifique este item
(0 votos)

Sobre a obra, Ana Lúcia de Sá, Especialista de Línguas Africanas, teceu as seguintes considerações: «É certa a vontade de inovar, de abraçar a cada momento a originalidade. É óbvia a necessidade permanente de ruptura em cada novo título, em cada novo livro: ruptura para com a sua poesia, ruptura para com os cânones (sejam eles de que ordem forem, pessoais ou universais, caso estes existam), para com o sistema literário angolano, para com a sociedade, para com a transmissão de determinados valores em renovação e em questionamento constantes. Mas não se pense que se trata de uma defesa de valores de negação permanente, pelo contrário, o fito está sempre em valores supremos de justiça, de belo, de bom».

 

Estamos perante um conjunto de textos que não poderão - nem é essa a pretensão dos agentes neles implicados - enquadrar-se em determinado género literário tido como mais "clássico". Assistimos a uma completa desconstrução genológica, na qual a única validação que se faz é a do discurso. Nesta configuração, regra geral, o poeta optou por frases complexas, com vários elementos que se conjugam, se antetisam, se subordinam, se coordenam. São frases-teias de pensamento em espiral que nos enredam, que nos fazem voltar atrás para percebemos melhor os sentidos, as urdiduras, as armadilhas e as precisões expostas pelas palavras e pelas construções sintácticas escolhidas».

 

Informação Adicional

  • Autor: Adriano Botelho de Vasconcelos
  • Editora: UEA
  • Ano: 2005

Contacto

AV. Ho-Chi-Min, Largo das Escolas
1.º de Maio - CEP 2767 Luanda

Telefone: (222) 322 421 Fax: (222) 323 205

e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Blogs

blogspotuea1    blogspotueamulembeira           blogspotueanguimba
         
ytlogo2   blog-poetenladen   logotips