Livro Online

Velhas Estórias

Classifique este item
(0 votos)
«Mas nada que podia trazer ainda o paraíso perdido. Nem os cheiros idos de seus capins com ela foram; nem o riso solto, missanga amarrada em cubata com o homem tomando conta; nem seus dentes mordedores nessa hora quietos e casados. Tudo só vontade de chorar, vontade raivosa, tristeza mais, virando prazer, assim, barriga para baixo, braço morto. Morrer, morria e ela vinha. E os livros lá, na mesa, esperando; lhe dava encontro assim, morto, na sua antiga cama dela. Vento a soprar na chuva, os muijes nas telhas velhas sussurrando suas águas correntes na praia, e se ela viesse? Se ela viesse vinha parecida nos sonhos, suas mãos de penas de passarinho, cordas de lhe amarrar na rusga. E vinha uma calema zangada, como nos dias antigos. Se ela viesse ele ia dizer: vai`mbora, não quero mais teu amor, me fizeste é sofrer...» (Extracto da Pág.79)

Informação Adicional

  • Autor: José Mateus Viera da Graça Viera
  • Editora: Edições 70
  • Ano: 1976

Contacto

AV. Ho-Chi-Min, Largo das Escolas
1.º de Maio - CEP 2767 Luanda

Telefone: (222) 322 421 Fax: (222) 323 205

e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Blogs

blogspotuea1    blogspotueamulembeira           blogspotueanguimba
         
ytlogo2   blog-poetenladen   logotips