Livro Online

Lourentino Dona Antónia de Sousa Neto e Eu

Classifique este item
(0 votos)
«Eu pegara a mania de muçulmano – peregrinação. Á noite, caminho de casa,. Ia lá. O que mais amava, meias noites idas, no silêncio. E via as casas, muitas – cegas, dormidas; o asfalto espreguiçava cacimbos. Só a luz falsa dos candeeiros é que era muito pornográfica – parti a lâmpada, pedrada de infância. O céu agradeceu azul mais fundo e deu estrelas. Tão teimosa e mais débil só a mafumeira era de verdade, então. Todo o mais, tudo trocado de morte. Abraçava seu tronco, ficava por ali » ( Extracto da pág 63)

Informação Adicional

  • Autor: José Mateus Viera da Graça Viera
  • Editora: UEA
  • Ano: 1981

Contacto

AV. Ho-Chi-Min, Largo das Escolas
1.º de Maio - CEP 2767 Luanda

Telefone: (222) 322 421 Fax: (222) 323 205

e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Blogs

blogspotuea1    blogspotueamulembeira           blogspotueanguimba
         
ytlogo2   blog-poetenladen   logotips