Bio Quem

José Manuel Feio Mena Abrantes

“Em cada novo amanhecer cantante mais ele desvivia, inflacionado de angústia, reduzindo as despesas. Os amigos lhe lembravam a estória do cão do inglês, que morreu de fome uns dias depois de ter finalmente aprendido a não comer nada de nada. Era a brincar, claro, só para ver se ele se animava a não levar as coisas tão a sério, a não exagerar tanto nas suas quotidianas economias. Mas ele, na preocupação dos gastos eliminava mais um produto ou um hábito, sentenciava de ser supérflua mais uma necessidade...!

In Caminhos Desencantados – Página - 25

José Manuel Feio Mena Abrantes, nasceu em Malange, no dia 11 de Janeiro de 1945. Fez os estudos primários e secundários em Luanda. Licenciou-se em Filosofia Germânica na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Iniciou a sua carreira jornalística na então Emissora Oficial de Angola, tendo participado na criação da Angop – Agencia de Notícias Angola Press. Colaborou em todos os órgãos de informação de Angola e em alguns estrangeiros, nomeadamente, Portugal, França e Moçambique e exerceu durante muito tempo, o cargo de Assessor do Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

“Lento, mais lentos, até que fiquei parada no meio do corredor. A luz do sol, que entrava pela janela, foi ficando estranha, baça. O ar ficou todo cor- de- laranja, e os ruídos desapareceram. Não se ouvia nada. Nem carros, nem vozes, nada. Só eu especada ali no meio do corredor. Quando parecia que o mundo ia acabar de vez, ouvi umas gargalhadas muito agudas e muito altas, como dessas mulheres que não têm educação. Então saí a correr de casa á procura do teu corpo, meu filho...”

In Teatro Angolacena Lusófona - 1999 – Página - 146

É também produtor de teatro tendo dirigido várias peças teatrais em Angola e no estrangeiro. Em 1972-73 fez na Universidade Católica de Lovaina/Bélgica seminários de dramaturgia e Direcção Teatral orientados pelos teatrólogos franceses Bernard Dort e Denis Bablet. Em angola foi co-fundador e responsável dos grupos teatrais Tchingaje , que foi o primeiro grupo a apresentar uma peça de teatro em Angola isso em finais de 1975. Dirigiu também o Grupo de Teatro da Faculdade de Medicina de Luanda e fundou em 1988 o grupo Elinga –Teatro de que é director. É membro da União dos Escritores Angolanos. É autor de três obras literárias, nomeadamente: Meninos, obra quem em 1991, foi condecorada com o Grande Prémio Sonangol de Literatura, Na Curva do Cão Morto e O Pião texto em rotação.

 

 

Informação Adicional

  • Nascido em: 1945-01-11
  • Naturalidade: Malanje
  • Gênero literário: Dramaturgo

Contacto

AV. Ho-Chi-Min, Largo das Escolas
1.º de Maio - CEP 2767 Luanda

Telefone: (222) 322 421 Fax: (222) 323 205

e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Blogs

blogspotuea1    blogspotueamulembeira           blogspotueanguimba
         
ytlogo2   blog-poetenladen   logotips