Bio Quem

Cremilda Lima

BIOGRAFIA

Maria Cremilda Martins Fernandes Alves de Lima literatura infantil do escritor, nascido em Luanda - Angola em Março, 25 1940.

Ela freqüentou o primário Pós-Graduação na Escola de 1 abriu em Angola, para formação de professores em 1962/1964, no Bié.

Científico-Pedagógico de Formação de curso na Faculdade de Educação, em Setúbal.

Português Língua e Cultura do Curso, seminário sobre o Ensino de Língua Português como segunda língua, na Faculdade de Letras de Lisboa.

Educacional Opção Grau Ciências / Universidade Pedagógica em CITE (Faculdade de Ciências da Educação), em Luanda.

Licenciado pelo Ciclo Ensino Básico-Curso 1 pelo Colégio Educacional de Leiria.

Ela é uma professora primária.

Ela começou a trabalhar em 1964, e continua ensinando mantendo a mesma determinação e empenho, como ela ama sua profissão à qual ela se dedica de corpo e alma.

Ela é membro da UEA (União dos Escritores Angolanos) e do "Chá de Caxinde e Cultural Entertainment Association".

Ela tem trabalhos publicados por INALD (livro e disco Instituto Nacional), e pela UEA (União dos Escritores Angolanos), pela Editora Nzila, pela Solidariedade Lwini, e livros nas mãos da Texto Editores também para publicação.

Curso Geral de Língua Francesa pelo Instituto de Línguas Nacionais, em Luanda.

Participação na reforma educacional, na preparação e na realização de várias actividades, tais como seminários capacidade pedagógica de construção para professores em diversas províncias do país, a revisão dos manuais escolares para o ensino básico em várias editoras, nomeadamente Makutanga (Angola), Plátano Editora, Oficinas Gráficas de Edições ASA (Portugal).

Participação no Projecto Educativo INIDE / GULBENKIAN.

Participação em atividades pedagógico-didáctica, no âmbito do projecto INIDE / UNICEF.

Além de escrever literatura infantil, ela também é um autor de manuais escolares. Preparação e realização de atividades culturais e de entretenimento no Ensino Fundamental, em programas de rádio e televisão.

Colaboração para a preparação e realização de um Colóquio sobre Literatura Infantil.

Participação no Simpósio de Cultura Nacional.

Preparação e realização de um seminário de literatura infantil angolana na Embaixada da Suécia, em Luanda, em 16/03/1989.

Lançamento de livros de literatura infantil na Biblioteca Nacional, com atividades de leitura e improvisações dramáticas.

Leitura, desenho, pintura, atividades na Nzinga Mbandi Centro de Cultura Popular, na Livraria Mirui, escolas, creches ...

Participação no Concurso de um PALOP Literatura Infantil.

Membro da Comissão de Literatura de Angola História de Redação.

Candidato ao Prémio Astrid Lindgren internacionais - 2008, Prémio instituído pelo Governo da Suécia para honrar a memória de Astrid Lindgren, e promover a Literatura Infantil e Juvenil em todo o mundo.

Atualmente é professora do 1 º Ciclo na Escola Português em Luanda - Ensino e Língua Centro Português

Bibliografia

Edições e reedições
Breves comentários

O balão vermelho

1-edition--------1985--------INALD/ULISSEIA Editores, Lisboa
-Edition---------2005--------INALD/Green 2 Coleção Folha
3 ª edição-2007 --------- -------- Caxinde / Ndêngue Collection

A ansiedade de Tiago para ir com seus amigos do Livro Infantil Jardim, o caminho cheio de amiguinhos, que seguem a mesma forma que o Grogue Frog Mikinho, a borboleta Coquita, o Caracol Caracolinho, o patinho pato chamado Zicoca, e acima de tudo , o grande balão vermelho, que realizou o sonho de Tiago, e que de repente está voando e lançamento de balões para todas as crianças em toda a Angola ...

4 Histórias

edition--------2004--------INIC/Sun 1 aumento 2 edition-------2007--------INALD/Green Coleção Coleção Folha

Um projecto de quatro escritores.
«Mussulo, uma ilha encantada», de Cremilda de Lima.

O encantamento é tão forte que Miguel, viajando no Kapsoca - barca de transporte de Luanda para o Mussulo sentiu um golpe quando o céu escureceu eo mar entrou Calema ... Mas de repente tudo ficou muito ea ilha estava voando suavemente embalado pelo asas brancas das gaivotas ... Os velhos pescadores iam viajar por toda Angola ...

O "Kianda" e barquinho de Fuxi

1 edition--------2002--------INIC/Green Leaf Collection 2 edition--------2007--------INALD/Green Leaf Collection 3 ª edição -------- Fundo de Solidariedade Lwini 2007 --------

História apresentada em desenhos animados por Sérgio Piçarra, no suplemento infantil "1 de Dezembro", em 06 dezembro de 1986. Também foram apresentados no Conselho de Administração do Instituto Normal da Educação.

Fuxi, que na tradição angolana, e de acordo com a língua nacional "kimbundo", é o filho nascido depois de "gingongos" (gêmeos) vive com seu avô, um velho pescador da Ilha de Luanda. Assim, anualmente, em uma determinada fase do ano, uma festa acontece em homenagem a "Kianda", a sereia, para evitar a falta de peixe ... Com imaginação e criatividade plena Fuxi entra na história e espera o retorno do velho Gaspar, que foi pescar em uma noite quando a "Kianda" foi muito louco ... Vovó tacha nem sequer foi capaz de tirar um cochilo (um pouco) ...

O "Maboque" mágica e outras histórias

edition--------2004--------INALD/Sun primeira subida Collection

"Maboque", fruto de Angola que na história representa a vara de radiestesia pela magia dada pelo "soba" para um "kota" (velho) muito "kota" de barba branca ... cabelos brancos que viviam há muitos anos em do "Kimbo", onde Kami vidas. Só com a ajuda do mágico "Maboque" e das palavras mágicas "Boque Maboque» Kami foi capaz de atravessar mais de uma série de incidentes de ver pela primeira vez o mar e recolher o búzio-canção-de-mar .. .

No mesmo livro, podemos encontrar as histórias de «Dream Jojo's» texto interessante que permite uma improvisação não menos interessante, dramática, «Depois da chuva» texto poético em que a árvore da pitanga, do tee "Caxinde", a trepadeira carregado com maracujá, a romeira, ea porcelana rosa reagir e agir em conjunto conosco para que possamos preencher a chuva com sua nostalgia e beleza, «A garrafa de barro» sobre questões muito tradicionais, que devem ser conhecidas para a experiência de fazer parte de nossa história ...

"Missanga" e "sapupo"

1 edition--------1982---------INALD/Pio ... Pio coleção ... 2 Collection edition-------1986---------INALD/Mirui 3 Collection edition--------2001---------Nzila/Lwini 4 ª edição- ------- 2001 --------- Nzila Coleção Lwini /

Missanga é o nome de uma menina que tem um sorriso bonito como o glassbeads cor do colar da mamãe.

Sapupo é a pedra de milho do que com grande criatividade Missanga e com o apoio dos vaga-lumes se transformou em uma boneca chamada Pupuko ...

Este livro serviu como motivação para a realização de um milho de pedra Dolls Concurso do Livro Infantil Jardim em 1985.

O "múcua" balançando ao vento

1 edition--------1990--------UEA/Red Acacia Collection

Cuidar das árvores, não utilizando grampos para matar passarinhos ... Tudo isto vai nos permitir ter um ambiente saudável.

A árvore baobá ... o "múcuas" ... as crianças brincando na areia fofa da "Barrocas" ... E essa "múcua" pendente como um balão com a «barriga» para baixo, que renuncia renuncia ... ... aqui, ali à vontade do vento ...?

Quem vai ajudar a levar o Juca "múcua" que é tão alto em uma árvore baobá tão ... tão largo? Bic ... Bic .... Lá estavam os passarinhos bicando ... bicadas ... parecendo uma nuvem de penas e cantando ou uma espuma e "Calema" mar ...

O ouro "Tambarino"

1 edition.....1982.......INALD/Pio...Pio...Collection 2 edition.....1986......INALD/Mirui Collection
Coleção edition.....2001......NZILA/Lwini 4

A árvore "Tambarino" é uma árvore frondosa, onde o pequeno pássaro gosta de fazer seus ninhos. Seus frutos são os "tambarinos". O que aconteceu com o menor Tambarino ""?... Choveu ... O sol deu uma escolha entre as gotas ... Foi transformado em ouro? O que os gungos feito para ajudar a quebrar o mistério? Qual foi o papel desempenhado pela Tartaruga? ...

O velho "sanga" quebrado

1 Collection edition--------1982--------INALD/Pio...pio ...
Coleção edition--------2006--------UEA/Pitanga 2

A "sanga" antigo que foi a rainha da água doce do velho, os velhos tempos ... viu o seu lugar simbólico do "merengue" ... Joãozinho vai ser capaz de trazer alegria para os últimos dias da "sanga" oldie?

A colher eo gênio canavial

Coleção edition--------2006--------UEA/Pitanga 1

Kiki estava constantemente maltratar os grãos pouco de açúcar que eram apenas dispostos a jogar tobogã livre e feliz ... Isso sempre acontecia quando ele estava indo para o café da manhã ... É porque o leite e açúcar misturado com a colher de açúcar no pote?
Para resolver a situação apenas do gênio canavial ...

O "nguiko" e as mandiocas

1 ª edição 1985 --------- --------- UEA (em Lutchila e outras histórias) para celebrar o décimo aniversário da UEA

Que estreita relação pode existir entre as nguiko (vara funge) e as mandiocas?
O "kazumbis" (fantasmas) estavam lá não permitindo Mingo para recolher as mandiocas?
Vovó Jaja não comê-la "funge" só porque ninguém no campo compreende o outro?
Os sentidos bem resolvido o "makas" (problemas) e ainda Chico poderia ter sua ternura novamente.

 

aniversário do Vovô Imbo (em «Boneca de Tecidos»)

 

1 edition---------2005--------UEA/Seven Egos Collection

Quatro personagens para comemorar o aniversário de seu pai nesta história simbolizada pela árvore do baobá grande situada em frente da casa da família é grande ... Mukuíka, Mukuenda, Uki e Ueka feita no local em uma bela maneira nenhuma imaginação pode sempre sonhar ...

Não houve falta de "marimba", "Tam Tam", "dikanza", "Puita" jogadores ... Vamos também imaginar que estamos na festa ... Seremos convidados especiais ...

Kiko perdeu o gatinho

1 ª edição 2007 --------- --------- Fundo Social de Solidariedade Lwini

O amor de uma mãe é tão forte, que nenhum sacrifício pode colocá-lo fora ...
Kiko, o gatinho distraído, sofri muito quando ele se perdeu de sua mãe ...
Mesmo o grilo cantando pouco ajudaram a Sra. Cat encontrar o seu filho ...

 

O livro dos jogos

1 ª edição 2007 --------- ---------- de Solidariedade Social Lwini Fun

Ao jogar um pode aprender muito e com grande alegria e prazer. Neste livro, temos muito que gostem ... Nós até temos discussões bobas e poemas pequenos para definir a música.

Inédito
Kabulo, o Rei

CRIAÇÃO DE DIPLOMAS

Assinado por Dario de Melo, presidente da UEA (União dos Escritores Angolanos) para a publicação das obras «A Kianda E POUCO Fuxi do barco» e «o GOLDEN Tambarino».

Também assinado por Dario de Melo para a publicação da obra «Quatro histórias», no ano de 2003.

Os Famosos e os G.M.S. Modelo, no exercício da sua actividade, o chamado «estatuto dos partidos», tem a grande honra de atribuir o Diploma apresentará ao Cremilda Escritor de Lima, por sua contribuição directa e indirecta dada ao desenvolvimento da educação de jovens e Cultura apresentou por a publicação de seu livro intitulado «A Kianda E POUCO Fuxi do barco» lançado em Abril de 2002

S. Paulo bairro, em Luanda, na madrugada de 05 de maio de 2002

Assinado por JR PRODUÇÕES G.M.S. MODEL'S

Diploma de Mérito

O Ministério da premiação Cultura no presente diploma de Mérito, de acordo com os termos do Despacho n º 08/02, de 03 de janeiro, a Cremilda autor Lima distintas, que traz para a literatura infantil angolana tradicional imaginário consagrá-lo desta forma, em a contemporaneidade. Ela é a autora de "O Balão Vermelho", um precioso contributo para a literatura infantil angolana, para a educação para o livro ea leitura.

Luanda, 11 de janeiro de 2008.

Assinada pelo ministro da Cultura, Sr. Boaventura da Silva Cardoso.

ALGUMAS ATIVIDADES DA VIDA LITERATURA DE Cremilda de Lima

ENTREVISTAS / críticas e Ensaios / Reportagens ... alguns trechos ...

entrevista Cremilda de Lima para o volume II da obra denominada «As pessoas que falam», de Aguinaldo Cristóvão. Dirigido pela UEA (União dos Escritores Angolanos) aparece na sua página www.uea.angola.org link em "Entrevistas" 1 de 8.

THEMA - "Nossos escritores»
«Falar com um amigo nosso»

Entrevista por Sérgio Piçarra em suplemento Little Kid "01 de dezembro» do «Jornal de Angola», 8 de abril de 1989.

"Hoje nós trazemos um convidado para este espaço. É um grande amigo nosso, que sempre trabalhou para os filhos e, portanto, dá a estas crianças uma atenção muito especial. É o escritor Cremilda de Lima. Livros dela você pode ter lido já incluem "O balão vermelho" e "O Tambarino de ouro» e muitos outros já publicados por nosso primeiro suplemento «de dezembro »....

«Breves reflexões sobre a literatura infantil angolana» página 1 de 2.

... Como você pode ver, há uma abundância de obras, e perdoem-me os autores que não mencionei, e que poderiam ser mencionados neste "maka", que será ainda mais interessante, como a participação de todos, a colaboração fazer este fim de dia mais criativos e determinados a contribuir para, no futuro, a literatura infantil para fazer parte do cotidiano de nossas crianças ... (Extraído do acima referido) que podem ser encontrados através do link "Crítica e Ensaios"

Texto seguido de um debate quente no programa «Maka à quarta-feira» da UEA (União dos Escritores Angolanos), em "comentários ou sugestões, mailto: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Também apresentado na «capacidade seminário buildig» para os professores do pré-escolar, os níveis 1 e 2 na Escola Dona Joaquina no Sumbe e Viana. Uma grande preocupação foi levada ao conhecimento dos professores, os métodos e formas de aplicar o conteúdo das histórias no conto, leitura e atividades de re-conto, e improvisação dramática.

Palestras nas Escolas

Eles: "A Criança eo Meio Ambiente"
"A Criança eo Livro"

www. apostolado.info / reportagem.cm
2003-04-02
Literatura Infantil / Reportagem

Rossana Miranda, apresenta uma reportagem intitulada "O dia mundial da literatura infantil, propõe uma discussão esquecido».

O parecer da Cremilda de Lima pode ser lido integralmente no referido site.

concurso de desenho infantil "Luanda, sob os olhos de uma criança»

Este concurso motivou cerca de 3600 crianças em três escolas situadas no bairro da Maianga, a saber, Escolas n º 203, n º 206 e n º 227.
O objetivo era publicar um livro.
Participação como membro do Júri. Br>,

 

LANÇAMENTOS livros e apresentações

Jornal de Angola Cultura / - 2001/06/06
EDITOR - Manuel Feio

«Faça jogos e brincadeiras com as crianças» foi a eles de uma reunião de um grupo de alunos da Escola 408, no Distrito Operário, com a professora e escritora Cremilda de Lima. O encontro promovido pela Direcção Provincial da Educação e Cultura, numa co-produção com a National Children's Institute (INAC), previstas para comemorar o Dia Internacional da Criança e do Africano das crianças, 1 e 16 de junho, respectivamente.

O professor experiente e também escritor de literatura infantil tentou acordar, no grupo de crianças, o gosto pela leitura, convidando igualmente os rumos da instituição escolar para criar espaços de leitura e pesquisa nas escolas ...

Jornal de Angola - 1982/06/11
EDITOR - Duval C.

Livro de Cremilda de Lima «Golden Tambarino» lançado na escola 189, em Luanda.

As crianças de idades entre 06 aos 12 anos começou apresentando seu coral. O discurso de abertura foi feita pelo diretor do Instituto Nacional do Livro e do Disco INALD, António Fonseca.

«Pensamos que é oportuno realizar atividades culturais em escolas. Este já é um sucesso, que vai empurrar-nos sempre a trabalhar em outras unidades de ensino, tendo em conta a importância desta atividade. "Estas palavras foram ditas pelo diretor do INALD. No final do discurso, uma sessão de autógrafos teve lugar.

Após a sessão de autógrafos, as crianças realizaram uma atividade cultural cantando, fazendo danças tradicionais, dizendo poemas e do jogo teatral.

No final do ato, o diretor do Instituto Nacional do Livro e do Disco (INALD), na presença de alunos e professores da referida escola, ofereceram um monte de livros escritos por diversos autores nacionais para as crianças.

«O que agora dá os livros servirão para a Biblioteca de futuro a ser criado nesta instituição de ensino», acrescentou António Fonseca.

Jornal de Angola 1991/08/03
Publisher - Norberto Costa.

«Final de semana fértil em lançamentos da literatura» «Hoje, o dia é dedicado à Cremilda de Lima» ... A literatura infantil marca também a sua presença nessa onda lançamentos, facilidade de ensino do respectivo ...

Lançamentos e apresentações ao redor do livro Mundos Dia da Cultura Editor: Luísa Rogério
Publisher - Vladimir Prata

Cremilda de Lima lança um novo livro para crianças

«Com todo meu amor e carinho Eu dedico essa história a todas as crianças angolanas para que eles saibam as nossas tradições, nossas raízes culturais." Com estas palavras, Cremilda de Lima fez a introdução ao seu novo livro, "A Kianda e Little Fuxi de Barcos» , lançado na terça-feira, juntamente com o trabalho de Cremilda de Lima, «A múcua balançando ao vento», desta vez sendo lançado na Escola Básica do nível n 1 º 28, no município da Maianga, tendo como convidados especiais as crianças irão a última (23 de abril, Dia Mundial do Livro e do Autor), em uma das salas de leitura da Biblioteca Nacional. Rico em ilustrações (por Sérgio Piçarra), o livro conta, em seis páginas, a história de um menino (Fuxi), que vive na ilha de Luanda com o seu avô e recebe dele uma doutrina: a razão pela qual a cada ano uma parte do mar tem lugar para honrar o "Kianda" (sereia ou gênio do mar), tradição que ainda é seguido hoje na localidade da cidade a capital do país.

O autor já é conhecido por seu modo simples e claro de escrever para crianças - deve ser desta forma -, nas obras "O Tambarino de ouro», «O balanço Múcua ao vento», «A Missanga eo Sapupo» e outras. Em "A Kianda eo Litthe Fuxi de Barcos», Cremilda mantém a regra. Usando "ferramentas pedagógicas", como diz o apresentador da obra, António Fonseca, tentando tirar o público-alvo para reconhecer as tradições angolanas. «Avô chamava Fuxi porque ele nasceu depois da gingongos (gêmeos), ele pode ser lido em uma determinada parte do livro.

Considerado um dos pioneiros da literatura infantil angolana, conta agora com mais um trabalho publicado. A obra foi escrita em 1984. Dois anos mais tarde foi publicada em quadrinhos por (Sérgio Piçarra), no Instituto Normal de Educação Garcia, onde foi analisado pelos alunos. O autor, que se desenvolve a carreira do professor, disse ser seu desejo de ver o trabalho que declinava nas escolas e jardins kinder.

Jornal de Angola - 16 de Julho de 1999
Rosa da Editora Kumuênho

CULTURA

Cremilda de Lima, em debate na UEA (União dos Escritores Angolanos)

"Literatura Infantil necessário"

O último «Maka» às quartas-feiras trouxe um tema para o debate que, na verdade, exige uma profunda reflexão em torno não só a situação da literatura infantil no país, mas também do futuro da sociedade angolana. Liderando o «Maka» foi a professora e escritora Cremilda de Lima. Pessoa, cuja experiência em lidar com criança e as questões do livro é bem conhecida. Seus livros ("Missanga eo sapupo», «O Tambarino ouro» e outros), dirigido especialmente à criança, a participação ativa em muitas realizações ligadas ao lazer da criança, por muitos anos, a carreira do professor, em uma palavra. Uma série de experiências de colocá-la perto o maior da literatura angolana, precisamente, na especialidade para as crianças. O orador principal contou com o apoio de António Fonseca, representando a entidade organizadora do já velho projecto «Maka à quarta-feira», no qual ele interpreta o papel da Secretaria da Cultura.

O público estava presente. Os estudantes, escritores, jornalistas. Após 8h30, a União dos Escritores Angolanos abrigou o debate sobre o tema, "A Criança eo Livro», que constituem separadamente dois casos concretos em apenas um: o futuro. Primeiro, porque a criança é o princípio o ser humano a ser ressuscitado. É a esperança. É o futuro.

O livro, por sua vez, pertence aos fatores de capital importância para a sociedade construindo-se um. Porque ele instrui. Educa. Builds. Formas do pensamento de uma sociedade. É o passado, presente e futuro.

Portanto, o livro ea criança resumir no futuro. Um motivo mais que suficiente para levantar a amplitude das questões em torno do tema «Que futuro para Angola?» Como: «A criança e com / sem o livro», «A importância da história para a criança antes de ir dormir», « O hábito da "leitura,« O livro eo nível cultural da Sociedade »,« A biblioteca da escola e da leitura »jogos,« O apoio à "produção de literatura infantil.

Estas questões foram abordadas em várias intervenções, durante o «Maka». No final, sabendo da importância do tema, os participantes se aproximou de um maior empenho do Ministério da Educação e Cultura para a melhoria do quadro actual. Eles concluíram também que é incorreta a permanecer passivos baseados na justificativa de falta de fundos, e implementar um projecto favorecendo a criação de bibliotecas nas escolas, bem como a promoção da leitura. António Fonseca disse que no Ministério da Educação e Cultura nível planos estão sendo feitos para mudar o quadro, no entanto ele não dizer mais sobre as linhas de corrente do mesmo.

Ele também informou que a UEA vai organizar mais seminários sobre literatura, no futuro, além de outras atividades visando o incentivo da leitura pública e enfrenta a falta de livros para crianças no país.

Apresentação de livros

Jornal de Angola 2004/06/06
Vida Cultural
Publisher - Jomo Fortunato

crítico do texto de Maria Celestina Fernandes
INALD apostas na literatura infantil, br>

Em seu trabalho já grande, o escritor, pedagogo, além dos ensinamentos de muitas tentativas para transmitir e despertar para as crianças aspectos da cultura nacional. É assim que, embora a utilização de e se preocupar com o perfeccionismo da linguagem que usa para escrever, é detectável a fala da terra, os hábitos, crenças, ferramentas de uso doméstico, a fauna ea flora, etc, igualmente bem marcada, sendo o que acontece em «A Tambarino ouro», «O velho sanga quebrada» «A nguiko eo kassavas», «O balanço Múcua ao vento», «O silêncio da Kianda e pouco Fuxi do barco».

Cremilda de Lima é um escritor que se dedica à escrita de contos para crianças há muitos anos. Ela foi escrita desde os primeiros tempos após a Independência Nacional, em uma época onde a necessidade de preencher o vazio deixado pela descolonização existiu. Como além da falta de livros infantis para a divulgação, principalmente, a realidade angolana, houve também uma forte ausência de escritores.

Portanto, podemos considerar Cremilda de Lima, um dos pioneiros da literatura infantil na Angola independente. Ela escreve, essencialmente para as crianças da primeira infância, o que é compreensível como ela se relaciona com crianças desta idade por dia, durante o exercício de sua profissão.

... E confirmando o que me refiro acima, a sua preocupação de situar a narrativa no contexto angolano está bem presente nesta obra. Na primeira história, "O Maboque Mágico", dando o nome ao livro, os frutos silvestres "Maboque" aparece, os personagens Kimbo, Kami, Kota, ea sereia "Kianda", o soba, o "Kissonde" formiga, nomes tradicionais e imagens, nos outros, vamos encontrar as rosas de porcelana, o tee "Caxinde", a pitanga eo maracujá, o hábito peculiar de limpar os dentes com pó de carvão e de comer, depois disso, cola e gengibre, a mussesse " "vassoura, a água" merengue ", etc

 

Os temas são de um imaginário tão rico que vai dar muito prazer, deleite, e, muito provavelmente, travar a curiosidade dos "baixinhos", que teve o privilégio de ter o livro em suas mãos. Eu tress a captura a curiosidade das "baixinhos" leitores, como alguns dos aspectos que já não pertencem ao dia-a-dia do povo da cidade. Como muitas das crianças presentes sabem que um "merengue" é, uma vassoura "mussesse", uma formiga "Kissonde", e até mesmo uma pitanga?

A escritora Cremilda de Lima é de felicitar, o INALD é de felicitar a publicação de mais um livro dedicado às crianças.

Texto de: Celestina Fernandes, que fez a introdução do livro, que o lançamento teve lugar no "Chá de Caxinde", com a presença do director do INALD, organização que publicou o trabalho. Alunos de várias escolas e de um orfanato estavam presentes, além dos convidados.

Cremilda de Lima informa ainda que os escritores ", António Fonseca, John Bella e Amélia Dalomba", fez a apresentação de seus livros: "A Kianda e Little Fuxi do Barco", "O balão vermelho" e "Spoon do Genius canavial "no lançamento de sessões contando com muitos visitantes e com a presença de muitas crianças.

Jornal de Angola 03/Julho/2007
Editora Adriano de Melo
Infantil Jardim livro
«Cremilda de Lima pede um incentivo maior para a Literatura Infantil

A escritora Cremilda de Lima, disse no domingo, em Luanda, que é necessário para motivar mais a escrita de livros infantis do país, como durante os últimos anos, pouco ou nada foi feito para desenvolver esse tipo de literatura.

O escritor disse que o incentivo à escrita passaria pelo apoio que deve ser dada ao escritor para a publicação de mais obras e mais nesta vertente artística. publicação «Mais crianças livros são necessários, porque mil edições não cobrem todo o país. Da mesma forma, a distribuição dos livros deve ser incrementado em todas as províncias para que as crianças conhecem os escritores e os seus "trabalhos, disse ela.

Ao mesmo tempo, ela disse, o Ministério da Educação e Cultura deve motivar mais os professores a comprometerem-se no incentivo às crianças para o gosto da leitura e da escrita de ensaios durante as aulas, de forma a criar as condições para novos criadores a se desenrolar.

Deve haver, de acordo com Cremilda de Lima, uma política do Ministério da Educação e Cultura e seus parceiros, juntamente com União dos Escritores Angolanos (UEA), Chá de Caxinde, Instituto Nacional do Livro e do Disco (INALD), a fim de fazer o livro, atingindo um maior número de filhos.

Nascido na província de Luanda, Cremilda de Lima, tem doze livros publicados, destacando, entre eles, "O Tambarino de ouro», Missanga eo »sapupo,« A nguiko e »mandiocas,« »A Fuxi Kianda do pequeno barco,« A múcua balançando no »vento," O Maboque mágico e "outras histórias. «A velha sanga quebrada" e "Mussulo, uma ilha encantada».

Além de ser um escritor, Cremilda de Lima é professor do ensino básico desde 1964, tendo participado também na elaboração dos manuais de Português Língua do 1, 2, 3 e 4 classes.

Jornal de Angola
Publisher - Mário Cohen
Ano de 2006

«Cremilda de Lima publica novo livro« A »balão vermelho

A escritora Cremilda de Lima, autor de doze livros infantis, re-publicado e apresentado, no último sábado, pela terceira vez o seu trabalho mais recente da literatura infantil, chamado "O Balão Vermelho».

Apresentado no complexo de Dom Bosco, em 30/09/06, em Luanda, no município do Sambizanga, o livro tem uma grande aceitação pelo público, composto, em sua maioria, crianças. «Este é um dos dias mais felizes da minha vida, como vejo que a literatura infantil, em especial o meu projeto, estão sendo capazes de ter seu próprio espaço», disse.

Esta terceira edição do livro "O balão vermelho" teve uma tiragem de 1.000 exemplares, que sob o selo da Chá de Caxinde Publishers, foram oferecidos a todas as crianças presentes no Centro Dom Bosco.

Jornal «O Independente»
Cultura
04/April/2003
Publisher - César Silveira
«Na opinião de Cremilda de Lima»
«A literatura infantil angolana é limitado e precisa de ilustradores»

A atividade da literatura angolana precisa de uma maior expansão e ilustradores mais, a fim de alcançar um maior consumo das histórias, ea criação de mais obras, defendeu recentemente a escritora Cremilda de Lima, que falou a este jornal semanal na ocasião do Infantil Literatura Dia Internacional, comemorado passado ...

Nossa literatura tem de se impor no IBBY, a Organização Internacional do Livro Infantil, que organiza anualmente a feira em Bolonha, cidade italiana e prêmios os mais ilustres.

Austral - Revista de bordo da TAAG
Julho-setembro de 1996.
Literatura
«AS MULHERES DA UEA»

«Outro autor a partir desta coleção é Cremilda de Lima, professora primária, nasceu em Luanda em 1940, com uma escrita suave e didática, o que nos dá« O antigo »sanga quebrada eo« O ouro Tambarino ». Mas sua criatividade não parou por aí e, principalmente, seus ensinamentos. Novos títulos subiu, publicado em forma de livros e nespapers. Em 1984 aparece «O balão vermelho", uma homenagem ao livro Infantil Jardim, uma festa anual, ao mesmo tempo, uma pequena venda de livros justo, que teve lugar para crianças e jovens. «O génio canavial» fala sobre os cuidados com o "açúcar," O múkua balançando no »vento,« A Missanga eo »sapupo, ou como fazer bonecas com« a terra de materiais Após o »chuva, talvez sua mais história poética, e "Nas asas brancas das gaivotas», o desaparecimento da ilha do Mussulo. Cremilda continua a divertir-se, ou melhor, a focar a sua actividade nas aulas, ela terminou recentemente a licenciatura em pedagogia, na escrita e na animação cultural e infantil com a colaboração na rádio e televisão.

 

TVeja - agosto 1989 Ano 7 n º 86
Lima, Cremilda de
Luanda 1940, br>

Conhecida pela sua actividade (e dinamismo) como um professor e um funcionário da CIP do Ministério da Educação, a escritora Cremilda de Lima, foi ganhando a admiração pela perseverança na missão educadora, por meio de literatura infantil. Autor de vários títulos dados a publicar, em todas elas está a reflectir esta preocupação de recriar, através da educação. Casada, professora, mãe e nascido em Luanda, onde vive, trabalha e estudos. Ela é membro da União dos Escritores Angolanos.

Cremilda de Lima
A Missanga eo Sapupo
Mirui Collection
N º 19 - Luanda, 1988 - INALD.
KZ 300,00

Mensagem - Revista da Cultura de Angola - 6
Gráfico Realização: Editora Caminho, Portugal, 1991 EDITOR - INALD - Instituto Nacional do Livro e do Disco

Tema - "Visão Geral da actual literatura infantil em Angola»
A partir da página 59 a 69.

MAKA - Comunicação corpo da Escola Pitágoras - Angola Ano III Setembro / 89 N º 10
Publisher - Paladino Braz

Cremilda de Lima autógrafos do livro na escola «A Missanga eo sapupo»

«Como é bom foi a presença de Cremilda de Lima, escritor angolano, entre nós. Ela chegou devagar, suave, alegre e conquistou a todos nós - professores e alunos de 1 ª a 4 ª série.

Ela contou uma história, cantou e deu autógrafos em seu livro a Missanga eo Sapupo. Foi ótimo, Cremilda! Volte a qualquer momento ».

Participação na TPA (Televisão Pública de Angola) o programa «Janela Aberta» sobre vários temas ligados à literatura infantil, temas educativa tendo sempre como ponto fundamental a CRIANÇA. Os alto-falantes do programa, em junho de 2005, mês dedicado à criança, eo autor fez uma leitura dramatizada, ao vivo, da história infantil "A velha sanga quebrada». O programa foi ao vivo, tendo a participação das crianças.

Apoiar a colaboração e participação com material sobre literatura infantil, as entrevistas aos alunos do Curso de Jornalismo.

«Vida e Obra de Cremilda DE LIMA» foi o trabalho de tese apresentado como requisito para o curso de jornalismo pela Esperança Sebastião Cosme, estudante do Instituto Médio de Economia de Luanda (IMEL)

Para o teatro de improvisação / dramática

"O balão vermelho" adaptado por Fernanda Galvão Branco para apresentação em 01 de dezembro escola pelos alunos da escola mencionada por ocasião do Dia do Educador.

Do mesmo livro, inspirado no «Pato ducky Zicoca», a criação por Rosa Pegado do grupo de crianças do coral "Os patinhos». Música inspirada na música do pequeno pato Zicoca.

«Dream Jojo's» A uma das histórias em «O Maboque mágica e outras histórias» adaptação feita pelos professores do 2 º ciclo de Português da Escola Português de Luanda.

«O mago mágico» - a adaptação da Mafalda professores e Susana Guerra Marques no "Projeto" de área e por alunos do 2 º ciclo para a apresentação no recital final do ano escolar no Cine Karl Marx.

«Mussulo, uma ilha encantada» - a adaptação por Nádia, Professor de Crianças ", para apresentação de sua classe em uma das festas da escola.

No dia 01 / 06/06, no Lubango, província da Huíla Cremilda de Lima convidado pela Editora Nzila participa da Feira do Livro e das Artes, bem como em sessões de autógrafos, encontros com as crianças, contando histórias ...

A partir destas reuniões aconteceu em 02/06/06 a visita ao "Okukula" (Crescer) Village, em Chioco Distrito. Foi muito, muito interessante ver a participação de todos os alunos, professores e do autor, a dramatização da história "O Balão Vermelho» de que o autor Cremilda de Lima levou muitos exemplares para oferecer.

Da mesma forma, em 03/06/06, no Lubango, ela realizou uma atividade na Casa da Criança «Otchio» que, em "Nhaneca" (Nacional Angolana Language) significa ninho. Uma atividade de entretenimento e cultural teve lugar contando com a participação de grupos de teatro.

O livro "O balão vermelho" também foi lançado pela Escola de Português do Lubango.

O livro "O balão vermelho" também foi lançado na Biblioteca Nacional, no momento do Livro e das Jornadas de Leitura, em 23 de abril, Livro e Direitos de Autor Dia Mundial.

Televisão Pública de Angola
Carrossel Programa
Colaboração de Cremilda de Lima, com a rubrica «nosso alfabeto» em 1995.

Participação na "Expo Libros Angolanos Habana/86" com o livro chamado "Golden Tambarino".

Participação com o lançamento de livro e sessão de autógrafos no Jardim do Livro em Luanda de 27 a 30 de junho de 2007 no Parque da Independência.

Lwini Found - Participação no projeto que prevê a motivar o gosto pela literatura, com a criação de bibliotecas móveis, em 29/06/2007, com o lançamento de dois novos livros.

Participação no "Tenda das Letras» realizado em Natal, sob o tema «Em seus dons não se esqueça de incluir o livro que é o melhor presente». Esta actividade foi organizada pelo INALD, com sessão de autógrafos a ter lugar com grande sucesso.

Notas de Referência

1.Island sul de Luanda. (N. T.)

2.Strong renuncia acontecendo no momento dos solstícios e equinócios. (T.N.)

3. Nome local de sereia (T.N.)

4. Local frutos com pele escura amarelada e manchas marrons. (T.N.)

5. Chefe da aldeia (T.N.)

6. Village (T.N.)

7. tee citronela

8. Baobab árvores frutíferas (T.N.)

9. Não tratados terras próximas aos bairros (TN),
10. Brown frutos com formato de feijão, e um sabor doce-ácido. (T.N.)

11. Red faturado tecelão

12. Tipo de garrafa de barro. (T.N.)

13. Tipo de garrafa de barro. (T.N.)

14. Espécie de pasta feita fora de farinha de mandioca. (T.N.)

15. instrumentos musicais angolanos. (T.N.)

16. Big, formiga preta, que mordem é muito doloroso. (N. T.)

17.Broom feitos fora das folhas de palmeiras. (N. T.)

18. organização angolana ligados a eventos culturais. (N. T.)

Informação Adicional

  • Nascido em: 1940-03-25
  • Naturalidade: Luanda
  • Gênero literário: Prosa

Contacto

AV. Ho-Chi-Min, Largo das Escolas
1.º de Maio - CEP 2767 Luanda

Telefone: (222) 322 421 Fax: (222) 323 205

e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Blogs

blogspotuea1    blogspotueamulembeira           blogspotueanguimba
         
ytlogo2   blog-poetenladen   logotips