Livro Online

Era uma vez...

Numa densa floresta, viviam dois grandes amigos, o Zembo, uma graciosa palanca Negra e o Toninho, um escurinho com mais ao menos 9 anos, que ninguém, sabe lá fora parar no meio de tantos outros animais. Eram tão unidos que todos os habitantes setiam inveja pela grande amizade que os unia. Partilhavam das mesmas coisas e viviam juntos numa toca que no passado havia sido da mãe de Zembo. Um não passava sem o outro e quando se zagavam, tudo terminava sempre bem...

 

Era assim a casa de Tia Nastácia, a quem Zé Primitivo, contador de mambos, chamava de Eutanásia. Quando Zé Primitivo, o único branco dp bando, ficou xanfú e começou a andar sozinho pedindo dinheiro aos antigos cambas que por mero acaso esbarravam no seu poiso, ali no cruzamento da Ho Chi Min com a dos massacres, dizendo para uma janela longínqua que esses gajos são fiticeiros, eu estava muito bem a drumir num buraco na Baixa,...

Meu Amor

 

Queria compreender

O conflito da Luz

Era Noite

Eles, na lavra, prepararam uma grande festa para o neto, com batuques e lindas canções antigas, que fizeram encantar e dançar toda a gente. Os manjares da terra não faltaram. Comeu-se boa carne de vaca assada na brasa, e peixe mukako com lombi e pirão. Bebeu-se hidromel, kissângua e makabu. Foi na verdade um momento de esperança na sanzala.

 

Pois , vinham pessoas de sanzalas vizinhas, só para v erem o jovem formado e recém-chegado. Os jovens queriam saber como ele tinha conseguido sair daquele isolamento e…

Sobre a obra, José Luís Mendonça, frisa que “Carmo Neto, desta vez, estila gravata sobre o pescoço sem gola de camisa, suando figuras-tipo que definem caracteres da comunidade angolense, detentores de um comportamento, um nome e mil argumentos proverbiais que magnetizam os povos da buala . E, quando o autor sacode a gravata (ou a língua) no céu e as nuvens espalham sobre o silêncio da página, levantam-se ainda coberta de barro, a esborar-se por entre a solicitude da escrita, toda a plástica de cada personagem, moldada pelo mesmo paradigma de vida: a maka.”

Pág. 7 de 38

Contacto

AV. Ho-Chi-Min, Largo das Escolas
1.º de Maio - CEP 2767 Luanda

Telefone: (222) 322 421 Fax: (222) 323 205

e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Blogs

blogspotuea1    blogspotueamulembeira           blogspotueanguimba
         
ytlogo2   blog-poetenladen   logotips