testeira-loja

Manuel Rui Monteiro lança dois livros Destaque

O escritor Manuel Rui Monteiro, apresentou ao seu público leitor em Luanda, as obras " Janela de Sónia" (romance) e " O semba da nova ortografia" (poesia), sob a chancela da União dos Escritores Angolanos.

Com uma tiragem de 1000 exemplares, "Janela de Sónia" é uma história de amor de um pai e de uma filha. Destroçado com a morte da filha, o pai, aos poucos, vai tentando fechar feridas bem fundas, sem contudo, em nenhum momento, desistir do futuro de Angola.

Ao apresentar a obra, o escritor Noki Nogueira descreveu-a como sendo um romance histórico bem escrito, no qual se pode, apesar de ter a guerra como um dos panos de fundo, extrair um conjunto de indicadores para a compreensão da história de Angola.

Do ponto de vista da escrita, o apresentador considerou que o livro é um romance típico e ao mesmo tempo imprevisível, tal é a desenvoltura das personagens e a arrumação lógica na sua própria narração, dando a ideia de uma obra literária em permanente construção.

Segundo a fonte, é uma obra polida ao mais ínfimo pormenor, interactiva, dando a possibilidade aos leitores de participarem do seu processo de construção, legitimando-se por isso por si própria.

"Sónia, personagem que dá título ao livro, foi morta deliciosamente por mim no princípio do livro. Ela estava a construir-se como a personagem de eleição, tinha lhe desenhado o corpo por um traço que demandava o sublime, o sorriso pleno de afecto, a oposição a guerra e a violência que ela achava absurda", referiu Manuel Rui Monteiro.

De acordo com o autor, aquela morte passa a mover de toda a utopia, sonhos e caminhos. “Ela (Sónia) é detentora de poderes naturais e da sua janela conversa com os pássaros”, realça.

Já "O semba da nova ortografia" gira à volta da grande questão que é o acordo ortográfico, ou seja, da uniformização da estrita em língua portuguesa.

Com estes poemas carregados de ritmo, beleza estilística e cariz didáctico, o autor de " Quem me dera ser onda" mostra a sua capacidade de brincar a sério com as palavras.

A cerimónia, marcada pela actuação da orquestra infantil Kapossoca, contou com a presença de diversas figuras da literatura angolana, da ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, e dos embaixadores de Portugal e Brasil em Angola, Francisco Ribeiro Teles e Fernando Cardoso, respectivamente.

Manuel Rui é autor de uma vasta bibliografia onde se destacam obras como "Quem me dera ser onda", "A casa do Rio" e "Crónica de um Mujimbo".

Ler 6744 vezes

Contacto

AV. Ho-Chi-Min, Largo das Escolas
1.º de Maio - CEP 2767 Luanda

Telefone: (222) 322 421 Fax: (222) 323 205

e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Blogs

blogspotuea1    blogspotueamulembeira           blogspotueanguimba
         
ytlogo2   blog-poetenladen   logotips