Bio Quem

quinta, 23 setembro 2010 11:35

Senhora Morte

Com paciência, escutei as cenas que diariamente acontecem no Hospital Américo Boavida. Tive logo a certeza de que a nossa morte para estar bem nutrida, “Gorda de arrasto”, como escreveu um poeta maldito, arrumaria em bom refúgio e tecto a sua casinha nos bancos de urgência, caída em lugar certo até por respeito a sua própria natureza.

Publicado em Crónideias
quinta, 23 setembro 2010 11:16

“Desenrascanço”

“Ah, como nos vamos arranjar?”, perguntou o passageiro refestelado na cadeira h5, da 1ª classe, tão receoso que estava da sua aventura e pela primeira vez fazia um longo curso numa aeronave da TAAG, “Africana”, realçou para si mesmo sem muita tranquilidade.
Publicado em Crónideias
quinta, 23 setembro 2010 11:07

“Ah Ah Ah Ah Ah Ahhhh”

No hall de entrada dos hotéis Alvalade, Trópico, Presidente, e de tantas outras unidades de cinco estrelas, o que caracteriza as suas salas de estar é a intensa azáfama dos que se sentam em conversas de ouvidos perto uns dos outros. “O mundo sem palavras, definharia até desaparecer”, essa frase que ouvira da boca do padre interrompeu o fio das minhas cogitações.
Publicado em Crónideias
quinta, 15 abril 2010 11:58

Adriano Botelho de Vasconcelos

Publicado em Quem é quem

(Minha dor, ninguém a saiba –

Não há peito em que ela a caiba)

Viriato da Cruz.

(In: “Rimance da menina da

roça”)

Publicado em Críticas e Ensaios

Contacto

AV. Ho-Chi-Min, Largo das Escolas
1.º de Maio - CEP 2767 Luanda

Telefone: (222) 322 421 Fax: (222) 323 205

e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Blogs

blogspotuea1    blogspotueamulembeira           blogspotueanguimba
         
ytlogo2   blog-poetenladen   logotips