Bio Quem

John Bella

Autor de “Agua da Vida”, “Panelas Cozinharam Madrugadas” e “A Canção Mágica” Jonh Bella é o pseudónimo literária de Jorge Marques Bela. Nasceu no antigo Bairro Mota, município do Sambizanga, a 30 de Setembro de 1968. Membro fundador da Brigada jovem de literatura de Angola, ingressou nesta associação em 1984, conjuntamente com outros jovens que desde muito cedo se interessaram pelo movimento literário e estético nacional.

“no turvo dezembro da minha vida quero pestanejar meu coração/ na tempestade em caracas/andar d’encontro ao vento espreitar quatro frases de uma panela só!/ Em! Grozni...Agora que os olhos flamívolos o desbaratam/ na sanha assassina das vozes cinzentas/ amor é cozido entre aspas amedrontadas/meu sonho electrocutado na corrente da Guine pelo meu som magro ‘d’África’, só da minha dição/ em voltas pelo mundo num atraso ao Big Ben/ quem já só viu meretrizes de orly num sexo – relaxe/qual sabor ás castanhas descaradas da praça pigalle/comparáveis as façanhas do kimbombo no tunga ngo.”

John Bella é actualmente professor do segundo nível em Luanda, estudante de sociologia, membro da União dos Escritores Angolanos (UEA) e secretário – Geral – Adjunto da B.J.L.A Em 1995, publicou a sua primeira obra poética, intitulada ‘Água da Vida’, factor que o levou a apresentá – la nas províncias de Benguela, Bengo, Bié, Cabinda, Huambo, Huila e Cunene, beneficiando da apreciação dos leitores dessas províncias. Com o mesmo trabalho e associado á qualidade dos versos, que transcendem a vulgaridade’ «parafraseando o escritor Wanyenga Xitu, prefaciador do livro», em 1996 foi eleito escritor do ano em Angola, tendo sido agraciado com o prémio «GALAX», em companhia das poucas figuras galardoadas naquele momento com semelhante distinção, destacando – se o presidente da República, sua Excelência, José Eduardo dos Santos, como personalidade política do ano. Em 1997 participa em Cuba no décimo quarto festival mundial da Juventude e Estudantes, com uma positiva actuação literária, destacando-se a apresentação do seu livro no local, e a recolha de número considerável de assinaturas de Escritores e intelectuais de várias Nacionalidades, para serem entregues a amnistia internacional e uma cópia ao presidente da indonésia, com vista a soltura incondicional de Xanana Gusmão, o líder do povo ‘ maubere’.

“lembro – me do dia/ espetei rosas nos ais/ daquela consciência/ mas nunca matei lembranças/ sem antes segredar/ recordo – me fui vagabundo/ mergulhei cores luzes mortas/ mas nunca desejei sementes/ paridas por deuses alheios/ ouves este ruído?.../ são eles!/ topam – nos panos no sexo/ e por vezes.../ já sem nexo”.

Para Jomo Fortunato, escritor e jornalista, “John Bela, rema contra a maré dos que se arvoram detentores da sapiência do verso, e de todos os satélites da letra que giram á volta de um núcleo chamado fenómeno literário. Bella acredita no seu interior metafórico e ajuíza , a sua maneira, o percurso do verso, mesmo quando as leis do severo governo sintáctico, colidem com a sua intuição poética. John aloja o seu dizer poético nas esquinas da sua vida íntima, e surpreende os mais atentos com versos do tipo: (...) desapareçam todos daqui não quero saber mais do cão (...).

Brigadista e leitor do poeta Agostinho Neto, Jhon Bella só quer paz para escrever, para sentir, para contemplar o comboio da vida e da água:«As gralhas do tempo me acusam/ de um dia beber das sementes/fruto do seu nevoeiro/ há uma melodia nas cores/disso recordo – me/um dia ter decifrado/se panelas cozinharam madrugadas/com temperos euro – demoníacos /não quero ser convidado/deixem – me em paz/ paz.../suplico – vos». «Despoetando» ou não o verso, o poeta do Bairro Mota é assim... irrepetível, irreverente e irreversível. Á frente só há o «caminho».

Informação Adicional

  • Nascido em: 1968-09-30
  • Naturalidade: Luanda
  • Gênero literário: N/A

Contacto

AV. Ho-Chi-Min, Largo das Escolas
1.º de Maio - CEP 2767 Luanda

Telefone: (222) 322 421 Fax: (222) 323 205

e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Blogs

blogspotuea1    blogspotueamulembeira           blogspotueanguimba
         
ytlogo2   blog-poetenladen   logotips